Tito sempre foi delegado de polícia e morou em cidade do interior. Muita gente acha que é mel na chupeta, mas só ele e Deus sabem das adversidades que o pobre já enfrentou.

Já colocou muito bandido perigoso na cadeia. Vocês lembram-se do Kid Malandro, famoso adulterador de coleira canina. Pois é! Foi o Tito, ou melhor, o Dr. Tito quem o prendeu.

Kid Malandro falsificava as coleiras de pobres animais indefesos, tomava seus lugares junto à família e, dentro da casa, roubava tudo dos humanos. Depois, ainda colocava a culpa na vítima, que antes era hipnotizada e não se lembrava de nada. Sem demora, o delegado Tito esclareceu toda a tramoia e prendeu o delinquente.

Contudo, hoje, Tito resolveu mudar-se para a capital. Ele estava cansado de ficar sozinho em sua casa no interior. Já está aposentado e queria aproveitar mais a vida urbana. Ir ao cinema, teatro, visitar museus, viajar, etc.  Ao escolher onde morar, optou por um prédio com área de lazer e veio residir em nosso condomínio.

No começo, o Tito apenas cuidava de seus humanos. Com o passar do tempo, depois de ter ido a dezenas de filmes, cinema, ter viajado a diversos lugares do mundo, não conseguia relaxar com a vida de aposentado e acabou aceitando o cargo de delegado do condomínio, uma espécie de síndico, mas com poderes mais amplos.

Na verdade, ele se sente a própria lei. Todo tipo de controvérsia, confusão, furdunço, bafafá que acontece, na mesma hora, eis quem surge, o Tito e resolve imediatamente o imbróglio, sem titubear.

Certa vez, estava tranquilo em casa, quando toca o telefone. Atendo e eram daqueles trotes em que a pessoa diz que está com seu parente sequestrado.

Trimm….

– Alô! Quem está falando?

– Alô! Você tem algum parente que anda de moto? Perguntou o bandido?

– Tenho, o meu primo Guto!

– Não chame a polícia! Estamos com seu primo Guto em nosso poder.

– Você terá que depositar 10.000 contos de cães (moeda canina) para soltarmos o rapaz com vida.

Na mesma hora, aquele capetinha que fica do lado da nossa orelha esquerda despertou e disse:

– Fred é a sua chance de se livrar do Guto!

Parece que o anjinho bom tinha saído, porque não ouvi ele dizer nada.

Então, indo pelo conselho do capetinha, respondi:

– Pode fazer o que vocês quiserem, eu não nem aí. E também não tenho 10.000 contos de cães. Se virem!!!

– Nisso, até o bandido ficou bravo. Seu desalmado, não vai salvar a vida do seu primo?

A conversa estava sendo ouvida pela linguaruda da Angélica que, na mesma hora gritou o Tito.

– Delegado Tito, socorro!!! O Guto foi sequestrado! Vão mata-lo.

Coincidentemente, Tito estava cochilando, coisa rara de acontecer. Levou um susto com o grito da fofoqueira, deu um pulo e quase bateu a cabeça no teto.

– Que foi Angélica? Você ainda vai me matar. Resmungou o policial.

– Delegado, o Guto foi levado por bandidos que exigem o resgate de 10.000 contos de cães.  Berrou a calopsita.

–  Como você soube disso Angélica? O Fred está negociando com os sequestradores pelo telefone.

Quando Tito e Angélica chegaram ao meu apartamento, os sequestradores já haviam baixado o valor para cem gramas de filé bem passado e meio biscoito.

Ainda assim, bravejou o Tito:

– Fred, não negocie com bandidos, deixe comigo!

E me tomou o telefone.

Depois de meia hora de negociação entre Tito e os delinquentes, o resgate havia subido novamente para 20.000 contos de cães. A discussão estava acalorada e delegado já estava com a pressão arterial alta e suando bicas de tanta raiva.

De repente, quem entra no apartamento?

O Guto, tranquilo e sereno.

Guto chama o Tito e a Angélica para saber o que estava acontecendo, mas eles nem notam a presença do galã.

Eu, a essa altura, já estava é fazendo a minha sesta, pois ninguém é de ferro.

Somente após 15 minutos, Tito e Angélica perceberam que o Guto estava ali observando os dois.

–  Guto meu rapaz, você está bem? Perguntou Tito e retornou às negociações.

Angélica se jogou para cima do Guto, parece que para aproveitar e dar umas beijocas no sujeito.

Num estalo, Tito percebeu o que estava fazendo e bateu o telefone na cara do criminoso.

O delegado notou que, na verdade, tratava-se de um trote e que o Guto nunca foi sequestrado.

Olhou para os lados e não sabia o que dizer. Virou para o Guto e disparou:

– Viu, espantei os bandidos. Eles te sequestram e você nem percebeu. Saiu ileso!

Angélica e eu acreditamos na história do Tito, que mantém até hoje sua pose de intocável e o Guto não quis queimar seu filme, deixou  como estava, todo mundo acreditando que o Tito é o melhor delegado do mundo…

O que vale é que o condomínio mantém a ordem e a paz, graças ao Tito.

 

 

 

 

Fred
                        

Sobre a Autora Ver todos Posts

Fred

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *